WhatsApp Image 2024-01-19 at 09.43.14

 “Discursos de ódio e Paz em Tempos de Guerra” é o tema para a  12.ª edição da Operação “7 Dias com os Media“, que decorre de 3 a 9 de maio de 2024. O GILM, promotor da iniciativa, encoraja vivamente a participação ativa de todos. É uma nova oportunidade para enriquecer o debate e a compreensão em torno do papel dos media, através do desenvolvimento e partilha de projetos e iniciativas que promovam uma utilização consciente e responsável dos media.

A era digital trouxe consigo a democratização do acesso à informação, mas também expôs as sociedades à radicalização e à polarização das opiniões, alimentando sentimentos de medo, insegurança e incerteza.

Este fenómeno é evidenciado nos conflitos na Ucrânia e na Palestina, que transcendem o campo de batalha físico, assumindo uma nova dimensão – a guerra comunicacional,que se desenrola tanto nos territórios em disputa quanto nas esferas digitais e mediáticas de todo o mundo. 

Em Portugal a guerra comunicacional é visível em temas fraturantes (política, desporto, identidade de género, entre outros), mas também em debates do quotidiano, que contribuem para o radicalismo e polarização da sociedade.

O poder dos media em moldar perceções e narrativas é imenso. A natureza instantânea e viral da internet significa que a guerra comunicacional é agora amplificada e, em alguns casos, distorcida nos e pelos meios de comunicação social e redes sociais, influenciando fortemente a opinião pública. Este poder dos media, se mal utilizado, alimenta o ódio, a desinformação e a polarização, contribuindo para intensificar conflitos e semear divisão, a pretexto da liberdade de expressão.

Os media também têm o poder de atuar como agentes de paz, promovendo o diálogo, a compreensão e a tolerância. Com as redes sociais, todos podemos amplificar discursos de paz, mas também agravar conflitos ao difundir desinformação ou mensagens de ódio. Por isso, é essencial que todos aprendamos a ser críticos com o que consumimos e partilhamos, promovendo o respeito pelos direitos humanos e criando comunidades mais unidas e informadas.

Estes são alguns tópicos para reflexão, mas são bem vindas todas as ideias e temáticas relacionadas com a literacia mediática e com os diferentes tipos de media (Imprensa, Rádio, Televisão, Internet, Redes Sociais, Videojogos…). Nos 7 dias com os Media existe abertura para receber todos os contributos que ajudem a refletir sobre os média e a importância da literacia mediática.

– Os media e o jornalismo na promoção dos discursos de paz

– O poder das narrativas visuais na sensibilização para a paz

– Padrões éticos e responsabilidade no campo dos media

– A construção de narrativas falsas sobre conflitos pela desinformação e propaganda online

– Inteligência artificial e manipulação da realidade

– O radicalismo e polarização das sociedades

– Discursos de ódio nas redes sociais 

-Os limites da liberdade de expressão em democracia

– A responsabilidade individual na produção e partilha de conteúdos online

 

 

Deslize e clique nos slides para ficar a conhecer evidências de atividades/projetos já inscritos...Para saber mais sobre todas as atividades registados visite a secção Iniciativa 2023

Anterior
Next
Texto de apresentação e imagem 7 dias com os Media 2023
Imagem com legenda.png

Hashtags: #7diascomosmedia #7diascomosmedia2023 #gilm

Era uma vez um Admirável Mundo Novo, onde os computadores eram super inteligentes. Eram guiados por seres fantásticos, que lhes diziam o que fazer para ajudar as pessoas no seu dia a dia.
Por exemplo, quando alguém via um vídeo numa rede social, logo um desses seres fantásticos sugeria outros vídeos de que talvez gostasse. 

Ou quando as pessoas desse Mundo queriam saber as opiniões dos outros, esses seres fantásticos mostravam as ideias que achavam mais úteis primeiro.

Toda a gente andava muito satisfeita nesse Mundo, pois os seres fantásticos ajudavam sempre as pessoas a encontrar o que queriam na internet. 

Mas às vezes, os seres fantásticos também erravam. Assumiam coisas sobre os interesses das pessoas que não eram verdade e, quando isso acontecia, elas questionavam o porquê de aparecerem aquelas sugestões de vídeos ou opiniões.

Certo dia os habitantes do Admirável Mundo Novo resolveram parar para refletir. Andavam tão curiosos que decidiram tentar conhecer melhor aqueles seres fantásticos que guiavam os seus computadores super inteligentes. Começaram por descobrir  que se chamavam  Algoritmos, e, desde então, quiseram saber mais e mais sobre eles.

 

A Inteligência Artificial e os Algoritmos é precisamente a temática da operação 7 Dias com os Media 2023, que se realizará, uma vez mais, entre 3 e 9 de maio. Todos os interessados são convidados a participar, através da dinamização e partilha de projetos e iniciativas que ajudem a melhorar a forma como usamos e nos relacionamos com os media.

Algoritmos, inteligência artificial, chatbots, são alguns dos nomes que podem ser ouvidos em conversas no dia a dia, mas ainda existem muitas dúvidas sobre o seu significado. Em 2018, no âmbito do Reuters Institute Digital News Report, um estudo comparativo de hábitos de consumo de notícias no mundo, foi feita a seguinte pergunta: “Como é decidido que conteúdos noticiosos são mostrados no newsfeed do Facebook?”. As respostas dos portugueses mostravam um cenário desolador, com  3 em cada 4 inquiridos a responder de forma errada. Apenas 23,9% responderam corretamente, “por análise computacional dos conteúdos que mais interessam a cada utilizador”. Ou seja, com base em algoritmos.

Cinco anos depois, um admirável mundo de novas tecnologias baseadas em algoritmos de inteligência artificial prometem revolucionar a experiência de comunicação e aprendizagem, levantando novos desafios relativamente à sua compreensão e adoção. É por isso importante que crianças, jovens e adultos conheçam alguns princípios básicos do funcionamento da inteligência artificial e quais as implicações de procurar respostas em chatbots (como o CHATGPT ou o Bard) ou de criar imagens apenas descrevendo o que se quer ver (como no Dall-E 2 ou no Midjourney).

Para estimular o debate e pensamento crítico em torno da temática desta 11ª edição, o GILM, enquanto promotor da operação, propõe algumas questões para reflexão:

  • O que são algoritmos e como afetam a nossa vida diária online e offline?
  • De que forma influenciam as pesquisas online, o funcionamento das redes sociais e outras tecnologias?
  • Que impacto têm na nossa privacidade e segurança online?
  • Como podemos evitar que nos fechem em bolhas  com representações do mundo pouco diversas e, em casos mais extremados, suscetíveis de nos tornarem  tendenciosos ou discriminatórios em relação a ideias, pessoas ou grupos?
  • Quais os perigos de tecnologias como os chatbots em questões como desinformação, direitos de autor, plágio…?
  • Como podemos usá-las de forma segura e responsável, consciente e criativa?

Estas são algumas sugestões, mas são bem-vindas outras questões relacionadas com este tema ou outras temáticas relacionadas com a literacia mediática e com os diferentes tipos de media (Imprensa, Rádio, Televisão, Internet, Redes Sociais, Videojogos…). O importante é que os 7 Dias com os Media continuem a ser uma oportunidade para ajudar os cidadãos a utilizarem melhor e a aprenderem mais sobre os meios de comunicação e tecnologias de informação de que dispõem.


Podem ainda participar nos nossos 7 Desafios com os media que estão disponíveis no mural da iniciativa  


Criado com o Padlet

Vídeo definição de algoritmo

https://www.rbe.mec.pt/np4/2704.html

Kids Code Jeunesse | O que é um algoritmo?

RBE: Rede de Bibliotecas Escolares

Juntemo-nos aos 7 dias que já não vivem sem os media!

#7diascomosmedia #7diascomosmedia2023 #literaciamediática #gilm